Como a CasaAlta Construções economizou mais de R$ 4 milhões com a gestão de processos

Posted on Posted in BPM, Processos, SE Suite
O cenário econômico atual é desafiador. Reduzir custos e aumentar a eficiência tornou-se fundamental para as empresas que buscam alavancar a sua vantagem competitiva.

Diante dessa situação, a CasaAlta Construções, uma das 5 maiores construtoras do segmento residencial do Brasil, decidiu estabelecer um modelo de gestão mais eficiente dentro da operação dos canteiros de obras, integrando seus sistemas de controle, documentos e projetos.

Com o apoio da tecnologia, a companhia automatizou a gestão de processos. Dentre 28 processos automatizados destaque-se o de ocorrência de obras (Ajuste de Orçamento). Com ele,  a falta de verbas em determinada etapa da obra passou a ser controlada, registrada, classificada e aprovada pelos módulos de Automação de Processos de Negócio e de Gestão de Formulários do SoftExpert Excellence Suite (SE Suite).

O SE Suite é uma plataforma de soluções corporativas para a excelência na gestão, aprimoramento de processos e conformidade regulamentar. Com a ferramenta a companhia já processou mais de 1.260 ocorrências de obras. O que gerou um movimento de mais de R$ 12,5 milhões de forma integrada com seu ERP.

Julio Cesar Debatin, Gerente de Processo da CasaAlta, conta que com o SE Suite eliminou planilhas paralelas, antes feitas até mesmo em papel. Isso reduziu consideravelmente os custos e aumentou a eficiência do trabalho.

A automatização dos processos gerou como resultado uma economia de mais de R$ 4,7 milhões para a companhia.

“Antes da utilização da plataforma, a equipe de obra enviava os pedidos de verba por e‐mail, sem muitas justificativas, controles e maiores análises. Isto ocasionava um maior custo de obra, além de desperdícios e possibilidade de fraudes. Hoje, a equipe de obra registra a ocorrência no formulário do SE Suite e inclui os detalhes de orçamento onde devem ser inseridas as verbas”, salienta Debatin.

Com o uso da solução, o workflow segue para um setor de controle na engenharia, que analisa a ocorrência e valida a solicitação. Debatin conta que a área pode receber uma aprovação especial ou ser homologada pela diretoria de Engenharia. Nesse caso, o processo encerra e a verba é automaticamente programada pelo SE Suite em nosso ERP via webservice.

“O sistema nos permitiu também consultar mais facilmente as tarefas, documentos e demais processos. Os portais de indicadores nos permitiram que muitas informações antes retiradas por relatórios estivessem disponíveis em tempo real e atualizadas aos níveis gestores. Hoje ganhamos em produtividade e adesão quanto ao uso da ferramenta em apoio aos demais sistemas”, avalia Debatin.

Resultados alcançados com a gestão de processos mais eficiente:

  • Integração dos sistemas de controle, documentos e projetos.
  • Implantação de um modelo de gestão dentro da operação dos canteiros de obras.
  • Automação no controle, registro, classificação e aprovação de verbas de etapas de obra.
  • Eliminação de planilhas paralelas (feitas até mesmo em papel).
  • Redução nos custos e economia de mais de R$ 4,7 milhões para a companhia.
  • Informações e relatórios disponíveis em tempo real e atualizadas aos níveis gestores.
  • Aumento na eficiência do trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *